ATUALIZAÇÕES
recent

O Significado Oculto do Vídeo "G.U.Y" de Lady Gaga



O vídeo de Lady Gaga para a música "G.U.Y" fez um monte de telespectadores se perguntarem "Que diabos eu acabei de assistir?". Embora, a princípio, o vídeo possa parecer um monte de imagens sem sentido, e aleatórias, como de costume, há um significado por trás dessas imagens e, como sempre, ele vai ao encontro da filosofia da elite oculta e sua mitologia. Neste artigo, vamos analisar o significado esotérico do vídeo "G.U.Y" de Gaga. 

Agora já faz um bom tempo que Lady Gaga está na mídia (o meu primeiro artigo sobre ela foi há quatro anos atrás) e, embora muitos não tenham cansado de suas acrobacias em busca de atenção, ela ainda mantém um sólido e dedicado grupo de fãs. Seu vídeo intitulado "G.U.Y" fizeram seus fãs ficarem animados, mas ao ler os comentários no YouTube, a maioria deles abertamente não entenderam o que está acontecendo nessa produção de sete minutos. E quem pode culpá-los? Há homens de terno que lutam com arcos e flechas, há o Real Housewives of Beverly Hills tocando instrumentos, há o Michael Jackson sendo ressuscitado, e há Legos. Esse vídeo,  que induz dor de cabeça, se estende por várias músicas, no entanto, contém uma história linear e um significado (um pouco) lógico. Para compreendê-lo verdadeiramente, no entanto, é preciso estar ciente da mitologia invocada no vídeo de Gaga (e todo o seu álbum) e do significado oculto por trás dele. Uma vez que essas ligações importantes são feitas, o resto começa a fazer um pouco mais de sentido.

Como é o caso da maioria dos vídeos de Lady Gaga, existem algumas referências da cultura pop óbvias - que são profusamente comentadas pelos críticos de música - mas o subjacente, a história fundamental passa despercebida, ou pelo menos não mencionada. No entanto, essa história está mergulhada na mitologia que é sustentada pela elite ocultista.

O vídeo sexualmente carregado estreou no programa da NBC Dateline em 22 de março, logo antes de uma reportagem sobre duas adolescentes que foram raptadas e abusadas. Por que o vídeo estreou justo no Dateline, com tantos programas que existem. E por que bem antes desse tipo de reportagem? Talvez pela mesma razão que Gaga teve uma artista vomitando sobre ela durante sua performance ao vivo no recente SXSW: Seu trabalho muitas vezes acaba promovendo o que ela parece estar denunciando. No caso da "artista vomitando", sob o pretexto de "ser você mesmo", ela está de fato exaltando a bulimia e toda o tipo de auto-destruição.


  Millie Brown enfia o dedo na garganta e vomita uma substância verde 
em Gaga. Isso é arte ou outra maneira de estragar as mentes dos jovens?

 Nessa linha de pensamento, vamos analisar "G.U.Y", o vídeo de Gaga.

O Anjo Caído

A primeira cena do vídeo é bastante enigmática, anunciando claramente que é um filme de Gaga, onde a linha entre a arte profunda e o absurdo aleatório é sempre difícil de definir. Ela começa com um grupo de homens de ternos em combate num campo, agarrando notas de dólares. Então vemos Lady Gaga no chão, com as asas em suas costas.


 Um anjo caído.

Gaga é perfurada por uma flecha e foi aparentemente morta por um dos caras de terno que está segurando um arco. Por que Gaga foi abatida? Será que os homens representam os canalhas da indústria da música? Talvez. Uma coisa é certa: Gaga era um "anjo" voando no céu, cuidando de sua própria vida, em seguida, foi derrubada, tornando-se um anjo caído. E quem é o anjo caído mais importante da história? Lúcifer, é claro.

  A queda de Lúcifer , conforme ilustrado 
em "Paradise Lost", de John Milton.

Embora alguns possam argumentar que Gaga está fazendo o papel de um anjo caído e que isso não  inerentemente implica que ela está se referindo a Lúcifer, um olhar para o simbolismo mais adiante no vídeo fortemente aponta para ele. Na verdade, grande parte do vídeo é reproduzido nas associações esotéricas entre Lúcifer, Vênus e Ishtar, que vou cobrir um pouco mais abaixo.



De volta ao vídeo, um Lúcifer-Gaga ferido se levanta e caminha em direção à civilização, terminando em frente ao Castelo Hearst. A localização do vídeo é importante por várias razões. O castelo foi construído pelo magnata da imprensa, William Randolph Hearst, um dos homens mais poderosos e mais ricos da história americana e a inspiração por trás do filme "Cidadão Kane". A mansão era um ponto de encontro popular para estrelas de Hollywood e para a elite política. Assim como o trabalho de Gaga, o Castelo Hearst combina entretenimento e elite oculta. Sem surpresa, William Randolph Hearst foi de fato uma figura importante da elite oculta.



 William Randolph Hearst era parte dos Illuminati, ele fazia parte dos Illuminati do ramo - o que poderia ser chamado de 6º grau, William Randolph Hearst estava totalmente mergulhado no paganismo. Isso é muito óbvio ao se fazer uma turnê em sua mansão na Califórnia, que foi transformada em um museu.

 - Fritz Springmeier , The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave 
 



 O Illuminatus William Randolph Hearst deu a Anton LaVey uma grande ajuda. Sua editora Avon Publishing publicou a Bíblia Satânica em 1969 (que foi lançada pela primeira vez em dezembro de 69). Desde então, ela já teria passado por mais de 30 impressões. O próximo livro de LaVey, Os Rituais Satânicos, também foi publicado pela Hearst Avon em 1972. Ele fala sobre o poder que os sacrifícios de sangue dão ao mago. Os jornais de Hearst também lhe deram publicidade. 

 - Ibid.
 



 William Randolph Hearst Jr., foi um maçom de Grau 33 e um homem muito poderoso no mundo da mídia. 

- B.Huldah , Os arquivos de JFK




O magnata da imprensa William Randolph Hearst, um iniciado Illuminati de alto grau, financiou suas primeiras "cruzadas". A mansão Hearst na Califórnia é decorada com centenas de artefatos egípcios e outros artefatos antigos do Oriente Médio. A maioria deles são originais e foram enviados para os Estados Unidos por Hearst numa enorme despesa.

Foi o apoio de Hearst a Franklin Delano Roosevelt que o fez ganhar o "FDR", a nomeação democrata à presidência em 1933. Roosevelt, o presidente em tempo de guerra, foi uma das grandes vozes Illuminati do século 20 (veja... "E a Verdade o Libertará"). Os Rockefellers, Witneys e Vanderbilts, todas as famílias de linhagem Illuminati financiaram outras "cruzadas".

 - David Icke , O Maior Segredo
 

Dada a ligação de Hearst com a elite, não é surpreendente que o castelo Hearst foi construído com a mitologia da elite oculta em mente - que é, por sua vez, a mitologia que Lady Gaga está sempre tentando vender para os jovens.

  Lúcifer - Gaga chega em frente ao Castelo Hearst 
e é cumprimentado por homens encapuzados.

Claro, os dois guardiões desse Castelo da elite oculta não vão deixar Lúcifer morrer assim. Eles o levam para dentro do castelo para que ele possa obter um ritual na medida certa para um anjo caído.

Vênus

Quando Gaga entra no castelo, a canção Vênus começa. O álbum inteiro de Gaga é centrado em torno de múltiplas representações de Vênus (no 
vídeo de "Applause", ela está vestida como Vênus, conforme ilustrado na pintura de Botticelli O Nascimento de Vênus). Em "G.U.Y", o tema de Vênus é ainda central em inúmeras maneiras simbólicas, incluindo sua associação esotérica com Lúcifer.

Desde os tempos antigos, o planeta Vênus tem sido conhecido como a Estrela da Manhã e a Estrela Vespertina. Os romanos designaram o aspecto manhã de Vênus como Lúcifer, que significa "portador da luz". Na Bíblia, Lúcifer, o anjo expulso dos céus, é também conhecido como a estrela da manhã.


 Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Você foi precipitado na terra, tu que debilitavas as nações

 - Isaías 14:12 , NVI

A associação entre Lúcifer e Vênus se reveste da maior importância no ocultismo moderno.


No ocultismo moderno de Madeline Montalban, a identificação de Lúcifer como a Estrela da Manhã (Vênus) o iguala com Lumiel, a quem ela considerava como o Arcanjo da Luz, e entre os satanistas, ele é visto como a "Tocha de Baphomet" e Azazel. No entanto, em Cabala menos conhecida, Lumiel também foi descrito como um anjo da terra, embora geralmente Sandalphon e Uriel sejam os únicos Arcanjos associados com o elemento terra. Em qualquer caso, a identidade precisa da Lumiel sempre foi controversa e muitas pessoas, que tentaram descobrir sua verdadeira natureza, eventualmente, passaram a referir Lumiel como um "anjo negro". 

 - Lúcifer, na Wikipedia
 

Portanto, Gaga fazendo o papel de um anjo caído, enquanto uma música chamada Vênus toca ao fundo, está longe de ser algo aleatório. Enquanto a palavra Vênus se repete ao longo da música, outro importante símbolo aparece na tela.

  Enquanto um moribundo Lucifer-Gaga está sendo conduzido 
por homens encapuzados, o caminho para o seu "local de enterro"
 é pavimentado com o símbolo da estrela de Ishtar.

A estrela de oito pontas de Ishtar foi mencionada várias vezes neste site, pois é um símbolo importante em Mistérios ocultos. Ishtar é a deusa babilônica da fertilidade, do amor, da guerra e da sexualidade e é considerada a "personificação divina do planeta Vênus". Assim, esse antigo símbolo semita completa a representação esotérica do conceito de Lúcifer-Vênus-Ishtar, um conceito profundo, misterioso e extremamente importante nos mistérios de sociedades secretas ocultistas.

Por que o símbolo da estrela de Ishtar está embutido no chão do Castelo Hearst? Como dito acima, William Randolph Hearst era um maçom grau 33 e um Illuminatus que era altamente conhecedor de simbolismo oculto. O símbolo da estrela de Ishtar, muitas vezes aparece no chão de edifícios com "temática oculta". 

Neste cenário simbolicamente carregado, Gaga é levada para a piscina do castelo onde um ritual de morte ocorre.

  Gaga é colocada com um arranjo de flores e borboletas... monarcas. 
Isso é uma maneira de dizer que a morte e o renascimento de Gaga
 são feitos através de programação monarca?
  
Renascimento

Após o ritual de morte, Gaga renasce e cumprimenta Himeros, o deus do desejo sexual. Seu cabelo é loiro platinado e agora, depois de ser um anjo, Gaga é agora altamente sexualizada. Isso representa a criação dapersona de Lady Gaga pelo mundo da música da elite oculta?


 Após o renascimento, tudo no vídeo se transforma em
 branco e as coisas tornam-se altamente sexuais.

  Enquanto o renascimento de Gaga está acontecendo, o Real Housewives of 
Beverly Hills faz uma aparição interpretando o papel de musas, filhas de Zeus. 
O fato de que elas claramente não sabem como tocar estes instrumentos e que não
 há, obviamente, nenhuma harpa ou violoncelo na música real adiciona ao fato de
 que tudo isso é falso, falso e plástico.

  Nesta cena, Gaga tem a cabeça em uma obra criada pelo "artista lego",
Nathan Sawaya. Que grande maneira de mostrar como a persona de Gaga 
é artificialmente construída e completamente vazia por dentro.

  Himeros foi um Erotes - um coletivo de deuses alados associados ao amor e 
luxúria. Aqui , os dançarinos de Gaga desempenham o papel de vários Erotes.

 Aqui Gaga tem uma maçã lego com uma mordida, que é uma referência para
 a "maçã" do Jardim do Éden. A maçã foi dada por Lúcifer e deu aos humanos 
o conhecimento do bem e do mal. Em mistérios ocultos, Lúcifer é visto como
 um "salvador" que deu aos humanos o conhecimento para se tornarem
 seus próprios deuses.

Vingança 

Embora o renascimento de Gaga pareça ser sobre o amor, ela também está formando um plano mestre de vingança... um plano diretor muito estranho e perturbador que envolve uma ciência bastante profana.

 Gaga entra em uma sala com quatro túmulos conectados a um 
computador. Deles surgem Jesus Cristo, Gandhi e Michael Jackson.

  Enfermeiros, em seguida, procedem para tirar sangue de 
cada zumbi, incluindo Jesus, que é um tanto desrespeitoso.

Há várias coisas que não fazem sentido nessa cena. Uma delas é: Por que Jesus está lá? Não é o ponto de sua história o fato de ele ter ressuscitado e subido ao céu? Por que ele está em um túmulo? E por que Lady Gaga tem acesso a ele? Quero dizer, de acordo com o cristianismo, Jesus não era um simples "cara" (g.u.y).

De qualquer forma, cada uma dessas três figuras se destinam a representar uma característica que deve estar presente na visão de Gaga do "cara" (g.u.y) final. Fato interessante: Todas essas figuras foram mortas pelos "poderes constituídos" de seu tempo, após o qual a sua mensagem e "aura" foram usadas para todos os tipos de agendas e farsas. Além disso, você deve ter notado que há quatro túmulos, mas apenas três homens são mostrados. De acordo com o diretor (e os créditos), a figura ausente foi John Lennon, mas Gaga decidiu removê-la do vídeo. Fato interessante: Lennon também foi assassinado (e, provavelmente, por um fantoche MK).


  O sangue é coletado por enfermeiras que exibem chifres estilizados.

 As enfermeiras de chifre brincam de Deus clonando pessoas com o sangue coletado dos mortos.

  As enfermeiras de chifre começam a clonagem 
de um monte de caras vestindo ternos pretos.

Enquanto a clonagem está acontecendo no fundo, Gaga e seus amigos dançam muito sensualmente. Brincar de Deus e clonar pessoas usando o sangue de outras pessoas mortas são coisas realmente muito divertidas. Se eu visse Jesus sendo clonado, eu também iria tirar a camisa e dançar freneticamente [ironia].

Uma vez que o exército de clones de Gaga (estranha forma de representar seus fãs) está completado, ela vai para os escritórios dos homens do mesmo naipe daqueles que atiraram nela no início do vídeo.


 Do branco, tudo agora muda para preto. Gaga usa asas de corvo
na cabeça. Na Grécia Antiga e outras civilizações, os corvos eram 
considerados presságios de morte.

  Olhe para mim, eu sou um clone e um idiota. 
Isso é o que a ciência de Lady Gaga  produz. 

Gaga e seu exército de clones invadem o prédio dos escritórios e Gaga alimenta à força alguns executivos com o sangue de Jesus, Gandhi e Michael Jackson. Tenho certeza que qualquer uma dessas três figuras aprovaria o plano de Gaga. Ou talvez eles diriam "Ei Gaga, devolva-me o meu sangue. Que diabos está errado com você?".

O vídeo termina com uma cena perturbadora: Milhares de "caras" clonados negligentemente deixando o Castelo Hearst para irritar o mundo.


   É assim que a elite considera os consumidores da cultura pop: um monte 
de clones sem cérebro fazendo o que lhes mandam. Os clones emergem do
 Castelo Hearst (um local da elite oculta), indicando que estes clones são 
feitos do jeito que a elite oculta quer.

Para resumir este vídeo, Gaga começa como um anjo caído que foi alvejado e expulso dos céus por homens de negócios gananciosos. Ela é, então, "iniciada" dentro de um castelo de Hollywood da elite oculta onde renasce como uma deusa loira lasciva. Ela então usa rapidamente seus poderes para criar um exército de clones usando o sangue de Jesus Cristo, Gandhi e Michael Jackson. Yeah!

 Conclusão

"G.U.Y" está profundamente impregnado de simbolismo e mitologia da elite. Gravado no Castelo Hearst, uma mansão construída por um Illuminatus de alto nível, "G.U.Y" diz aos telespectadores de onde as mensagens transmitidas na cultura popular emergem. Da mesma forma que William Randolph Hearst manipulou a opinião pública com a sua marca de "jornalismo amarelo", a cultura de hoje afeta a opinião pública através de estrelas pop. O vídeo começa com o simbolismo que é fortemente Luciferiano - e luciferianismo é sobre como se tornar deuses. Então Gaga realmente se torna um deus e começa a dar vida a uma nova raça de clones. Claro, todas essas mensagens são revestidas com uma grande quantidade de "amor" e sensualidade para torná-las fáceis de serem digeridas pelo telespectador de hoje.

Em suma, "G.U.Y"  é um vídeo típico de Lady Gaga. E como todos os vídeos típicos de Lady Gaga, enquanto a história parece ser edificante e encorajadora, seus clones estúpidos e fabricados e o simbolismo Illuminati oculto realmente glorificam a repressão da elite e o controle mental em massa.

 Mais ou menos como ter alguém vomitando em você para denunciar a bulimia.

VIDEO EM DESTAQUE

Tecnologia do Blogger.